Grupo de extermínio roubava armas e munições de batalhão da PM em Castanhal

Redação Por: Redação

Foco Novidades

Publicado em 24/09/2019 15:39h

Grupo de extermínio roubava armas e munições de batalhão da PM em Castanhal

Fonte: Reprodução

 

A Polícia Civil informou que o comandante do quartel autorizava as retiradas ilegais.

Um grupo de extermínio atuante na Região Metropolitana de Belém fazia retiradas ilegais de armas e munições do 5º Batalhão da Policia Militar de Castanhal. A informação foi confirmada após investigações da Operação Anonymous II e sete PMs foram presos nesta quinta-feira, 19.

A Polícia Civil informou que as retiradas eram autorizadas pelo tenente coronel Marcelo Araújo Prata. Na época, ele comandava o quartel. As investigações apontam que cinco PMs seriam os atiradores: Gleydson Palheta da Costa, Thiago Costa Vetillo, Paulo Henrique Dias Barros, Arthur Rinaldo e Leonardo Machado Santos. Para a Polícia, os executores teriam usado o carro da soldado Erika Pantoja Carneiro da Silva para praticar os assassinatos.

A quantidade de pessoas mortas pelo grupo ainda não foi divulgada pela polícia. Mais de mil munições foram desviadas do 5º Batalhão da PM em apenas seis meses, segundo dados da investigação.

 

Fonte: Roma News

Comentários

Deixe seu comentário abaixo sobre esta notícia:

É Notícia Guamá - Blog de Notícias